Tag Archive | Sarravulho

E a produção musical do seu Estado? Conhece?

Jerry Espíndola & Pétalas de Piche

Jerry Espíndola & Pétalas de Piche (por Gabi Dias)

Uma das coisas mais interessantes em lidar com Bom Tom, pelo menos pra mim, é o fato de desmistificar o fato de que Mato Grosso do Sul tem produção musical estagnada, sem relevância e qualidade, que apenas exporta música enlatada. Pura desatenção de todos nós e feliz daqueles que conhecem esse prolífico cenário diverso, seja por estarem inseridos no grupo certo seja por terem “esbarrado” com tais músicos/bandas em festas ou bares.

Para dizer a verdade, eu mesmo tinha esse pré-conceito e era simplesmente por puro desconhecimento e preguiça, afinal não nos falta meios para conhecer novos nomes da música brasileira. Então, a partir do momento em que me abri a isso, procurar e conhecer a música local, caiu por terra o meu descontentamento por achar que apenas grupos diminutos faziam trabalho autoral de qualidade e a maioria das bandas/músicas existiam para animar festas dos que saem simplesmente para beber e não necessariamente ouvir música.

Entretanto, engana-se quem acha que essa é uma situação destinada apenas aos Estados menos favorecidos econômico e (dito!) culturalmente. Como exemplo, cito quando estive na cidade de São Paulo fazendo um curso de Jornalismo Cultural e, em dado momento, descobri que a maioria dos presentes, assim como outros conhecidos da cidade, nunca tinham ouvido falar do trabalho de alguns grupos paulistas que para nós, aqui do MS, já tínhamos conhecimento pleno. Mesmo depois de um amigo me dizer que, apesar de ser uma cidade com maior número de eventos culturais, algumas coisas ainda ficam destinadas a grupos restritos, isso me intriga.

Voltando ao MS, e já que o assunto é sobre o que de bom aqui tem, não é preciso ir muito longe para encontrar bons nomes. Jennifer Magnética, Giani Torres, Dagata e os Aluízios, Leandro Perez, Dombraz, Sarravulho, Jerry Espíndola & Pétalas de Piche, Guilherme Rondon, Sampri, Geraldo Espíndola, Hermanos Irmãos Trio, Sofia Basso, Guilherme Cruz . Isso para dizer apenas alguns, mais necessariamente os primeiros que me passaram pela mente. Por enquanto, apenas por enquanto, acho que é o suficiente para desmistificar a cultura musical diversa sul mato-grossense. Se fizer o favor de pesquisar a respeito desses nomes citados, verá que não são de um gênero só. Temos por aqui samba, rock, mpb, jazz, folk. Infelizmente, ainda essa produção prolífica do MS é de conhecimento de poucos e faz com que muitos artistas ou desaninem ou desistam pois público restrito não gera locais o suficiente para escoarem e darem vida longa ao trabalho que produzem.

Isso tudo me leva a questionamentos para os quais, por hora, não tenho respostas (quem a tiver, por favor, me responda!). Será que estamos “escondendo” alguns nomes, que poderiam ser mais amplamente conhecidos, com medo de que percam qualidade?; será que realmente não existem meios o suficiente para dar vazão a tanta coisa boa? ou será que ainda temos a esperança que a mídia facilitada e massificada nos apresentar tais nomes tão logo? ou será que falta melhor utilizarmos os meios existente e super acessíveis?; será que não “endeusamos” em demasia os clássicos da MPB, a ponto de relegar o restante a subcategorias e descrente, mesmo tendo qualidade o suficiente?; será que realmente estamos interessados em conhecer nossa própria produção musical?

Dagata e os Aluízios (por Punto Aureo Estudio )

Dagata e os Aluízios (por Punto Aureo Estudio )

Músicas inéditas da Sarravulho

bomericksimao

Após bate papo com Goldem Fonseca (confira aqui bit.ly/1hxVCTf ), Erick Barem e Simão Gandhy tocaram e cantaram as músicas “Alegria” e “Mandou dizer”, inéditas da banda Sarravulho. Interessante citar o fato de que as músicas, tocadas por essa parceria, não foram previamente ensaiadas.

Eu (Goldem Fonseca) lancei o desafio a eles, uns dois dias antes, o desafio de tocarem algo junto mesmo ambos estando em cidades diferentes e só se encontrariam no dia da gravação do Bate Papo. Nesse ínterim todo nem mesmo conversa houve conversa entre os dois. Somente após a gravação de minha conversa com Erick Barem é que ambos empunharam os violões, escolheram e “passaram” o que iriam tocar e nos presentiaram com essas duas ótimas canções inéditas da banda Sarravulho. “Mandou dizer”, um samba sobre os receios de um cara apaixonado; e “Alegria”, uma música para ser ouvida repetidas vezes por gerar boas vibrações a quem ouve.

Duas mais curiosidades a respeito da gravação dessas músicas. Quase não conseguimos grava-las pois Erick Barem estava com o “tempo curto” por precisar voltar à Campo Grande, já que viera me visitar e fazer apenas a entrevista. Entretanto, gostou e foi ficando e quase passamos a tarde toda tocando violão e jogando conversa fora não fosse a viagem de retorno à sua cidade. E deixando a gravação musical mais alegre, estiveram presentes meus pais e amigos, assistindo tudo de camarote ou, mais exatamente, pela janela de meu escritório aonde fazemos as gravações.

[youtube:http://youtu.be/kLRYDG_YQOE%5D [youtube:http://youtu.be/klhnFW5D99s%5D

Baixe gratuitamente as músicas:

Bate papo com Erick Barem (Sarravulho)

[youtube:http://youtu.be/Rj7roPxP4c0%5D

Bate papo com Erick Barem da Sarravulho. Uma conversa em tom um pouco mais sério em razão de falarmos sobre o que poderíamos fazer para que a vasta produção musical do Mato Grosso do Sul fosse melhor conhecida no país e principalmente no próprio Estado. É uma discussão que precisa ser feita e, por isso, iniciamos essa conversa no Bom Tom para que novas formas de escoamento sejam pensadas e debatidas. Se os músicos, pelo menos do Mato Grosso do Sul, ainda se sentem marginalizados por terem subsídios do governo insuficientes para dar vida e promover sua produção para, então, viver de seu trabalho, talvez valha o debate para que essa dependência seja menor, senão extinta.

[+] Saiba mais sobre a Sarravulho em http://www.sarravulho.com.br

[+] Ouça o trabalho da Sarravulho http://www.soundcloud.com/sarravulho

[+] Compre o disco da Sarravulho em http://bit.ly/compresarra

[+] Dúvidas, sugestões ou comentário pbomtom@gmail.com

[+] Se inscreva em nosso canal Bom Tom http://www.youtube.com/user/canalbomtom

[+] Acesse e curta nossa fanpage no Facebook http://www.facebook.com/bomtomtv